tmzBlog




Mudar de Lisboa (ok... Loures) para Belfast foi ca uma coisa... De tao estranho que uma decisao destas e que, sempre que conheco alguem por estes lados, a primeira coisa que me perguntam e "porque Belfast"?
Nem todas as perguntas tem que ter uma resposta, pelo menos de imediato. A verdade e que nunca sei responder muito bem a tal pergunta e a unica resposta possivel, que me passa pela cabeca e: "e porque nao?".
Para que se perceba a verdadeira "profundidade" de tal pergunta e preciso que se conheca isto bem. No inicio o choque e enorme, se pensavam que Portugal e um fim do mundo na Europa esquecam essa ideia... isto e realmente o fundo do fundo. E claro que com o tempo vamos conhecendo as coisas melhor, vamo-nos ambientando ao espaco, fazendo amigos, vivendo a cidade... Depois de um tempo as coisas ate comecam a ganhar uma outra cor e ate e giro por ca mas ate ao momento... uuui!

Vou tentar actualizar este blog pelo menos uma vez por semana, portanto, espero que vao passando por ca. Em todo o caso, e para os mais preguicosos eu adicionei o vosso e-mail a minha lista e serao avisados sempre que o blog for actualizado.

Espero que estejam com saudades minhas porque eu tou com saudades de todos :)

[nao liguem a falta de acentos, e que os teclados por aqui nao tem acentos... eheh]

I'm sorry for my fellows, those who don't understand portuguese... I'll try to set the translation as soon as possible.
   



If you want to be updated on this weblog Enter your email here:



rss feed



Thursday, December 29, 2005
Visitem!

http://www.olhares.com/tiagomenezes

Posted at Thursday, December 29, 2005 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Saturday, April 09, 2005
Por ca andamos.

Nao chove em Portugal? Mas que e isso?! Queres trocar comigo? Se te apetece bazar desse pais, baza! Por ai nao se aprende nada. Vai para a America do Sul. Nao para o Brasil, procura uma coisa mais radical, assim uma Colombia, uma Argentina, uma coisa mais latina. Tenho a certeza que iras gostar. Eu nas ultimas semanas tenho andado a viajar pela Irlanda. Aproveitei as ferias da Pascoa para descer ate Dublin, depois fui conhecer um pouco mais a Irlanda do Norte. Mas disso eu falo depois, num texto que eu estou a prepara pois e algo que eu gostei bastante de fazer. E verdade minha estimada amiga, por ca andamos.

Posted at Saturday, April 09, 2005 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Saturday, April 02, 2005
Heix'ta parta!

Pois senhor Manuel Correia, bons olhos o vejam! Como vai a vida? Afinal sempre vai passando aqui pelo cantinho do Menezes, hein?! E pena e que so o use quando quer dizer que teve em Cannes... Caturreira! Mas teve em Cannes a fazer o que? Espero que tenha sido para assistir ao Festivel de Cinema Porno, outra coisa nao espero! Como diria o nosso amigo Tiago, "Homem que e Homem, nao bebe o leite. Come a vaca!" O negocio das maquetas aqui pela Irlanda do Norte esta meio parado, isto e uma aldeia autentica. Nao se passa nada. Vamos a ver o que podemos fazer para mudar as coisas. Ja que falei em porno, e a titulo de curiosidade, noutro dia os tipos passaram na tv um documentario sobre uma senhora bastante respeitavel, de seu nome Annabelle Chong. O que este documentario tinha de interessante e que esta senhora nao e nada mais, nada menos, do que a primeira senhora a estabelecer um record de "sexo em grupo". Quantos homens fizeram sexo, seguido, com a senhora Chong?? 251! Mas nao pensem que 251 e um numero grande, nao. A senhora ficou a 49 do numero de homens a que ela se tinha proposto, que era 300. Tambem a titulo de curiosidade so dizer que o seu record ja foi batido e que Annabelle Chong ja foi destronada e o seu record foi batido por Jasmin St. Claire. Esperando mais noticias da terra dos pequeninos. Abracos! Tiago Menezes

Posted at Saturday, April 02, 2005 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Saturday, February 26, 2005
Tou aqui!

Pois e, eu nunca mais escrevi nada aqui... sou mesmo desnaturado. Estava a espera que eles me ligassem a net ca por casa.
Aqui em Belfast esta um frio de rachar. A vida vai indo, tem que ir, ne?
Vao deixando mensagens ca pelo site, quero saber como vao as coisas na tugalandia.

O Carlitos esta vivo?! Epha! E ai, como vais? Envia-me um mail com o teu numero de telefone, precisava de falar contigo. tmz@mail.pt

Eu estou a planear ir a Lisboa de 9 de Junho a 18 de Junho. Ainda nao esta bem definido mas como vou com uns amigos para eles conhecerem Lisboa gostava que eles fossem durante o S. Antonio. Depois quando souber mais coisas eu telefono ao pessoal porque quero juntar toda a malta numa jantarada.

Fiquem bem!

Posted at Saturday, February 26, 2005 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Thursday, January 13, 2005
The King is Alive!

E verdade meus amigos, O Rei esta vivo. Lamento desaponta-los mas nao me refiro a Elvis Presley. Depois de muita investigacao e muito teste ADN la se pode provar que este, afinal, nao anda a passar ferias no Hawai. O Rei a que me refiro diz-nos muito mais respeito, a nos portugueses, do que o senhor de Graceland.
A Policia Judiciaria lancou o comunicado de que D. Sebastiao foi visto na passada sexta-feira ali para os lados do Parque das Nacoes, Lisboa, enquanto tentava roubar a fragata D. Fernando II e Gloria. A qualquer pessoa que tenha testemunhado o acontecimento pede-se que contacte os telefones da PJ ate as 16:00, ja que a funcao publica nao trabalha mais que isso.
Jorge Sampaio que foi acordado, durante a noite, para receber a noticia, ficou incredulo. Depois da fuga do Guterres e da igual fuga do Barroso (ainda que mais esperta, uma vez que fugiu para a Comissao Europeia), o Presidente ja nao sabe o que fazer ao Pais. Em comentario Sampaio disse que "Ja so nos faltava este! Nao basta o Santana e o Portas para me darem dores de cabeca, agora la vem este dos Quivirs para me chatear um pouco mais.".
Ainda nao sao muito claras as circunstancias em que o incidente aconteceu. Segundo o inspector da PJ destacado para falar com os jornalistas "a noite na se encontava de nevoiro. Nada fazia prever que O Rei fosse aparecer."
A verdade e que depois de 40 anos de Filipes, agora preveem-se uns tantos mais de ElCorte Ingles e muitas outras marcas espanholas que se veem instalando. Portugal esta a saque e os politicos de hoje nada fazem para parar a onda. Sera que D. Sebastiao tentava roubar a D. Fernando II e Gloria para combater os caes que veem do outro lado da fronteira? [A pergunta fica no ar] Cuidado, nao se deixe morder. Ha muita doenca por ai, e espanhol de certeza que deve estar cheio.
A sorte desta vez e que o maremoto nao foi em Lisboa mas sim para os lados da Asia. Desta vez nao haveria ouro brasileiro para nos safar.
Mas apesar da crise, em Portugal continua a ser tudo a grande e este ano ate tivemos a maior arvore de natal da Europa. Talvez, com um pouquinho de sorte, ja que a estrela se encontrava ali, tao alto, pode ser que os reis magos a tenham visto e deixaram qualquer coisinha aqui no portugalito.

Beijinhos* beijinhos*

P.S.: FDX!!! Beijinhos pras gajas!!! Os gajos, olha... agarrem-se ao pa*

Fui.

Posted at Thursday, January 13, 2005 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Monday, January 03, 2005
TMZ continua de ferias

Continuo de ferias e portanto o blog nao sera actualizado ate la. Qualquer pessoa que me queira contactar pode, e deve, usar o email para o fazer. [tmz@mail.pt]
Um abraco a todos. Espero que o Pai Natal tenha trazido tudo o que queriam para o vosso sapatinho e que o Novo Ano esteja ai para dar o que falar.
Hasta la Pasta!

Posted at Monday, January 03, 2005 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Monday, November 01, 2004
Ai que saudades!

E verdade que Portugal era uma merda, e verdade! Nao por Portugal em si, Portugal e lindo! Mas, como ha uns dias atras alguem me dizia, "o problema de Portugal e que esta cheio de portugueses". Tirem-se os portugueses de Portugal, mandem-se-os para um qualquer planeta distante. Chame-se esse planeta de Planeta Pimbalhada. E deixem o que resta de Portugal para mim, por favor!
A verdade e que sair de Portugal nao poderia ser coisa melhor. Nao ha nada como abandonar-mos o nosso pais para comecar-mos a dar-lhe mais valor.
Faz em Dezembro um ano, que escrevi no meu anterior blog um pequenito texto sobre uns minutos que passei em Alfama. Uma descida de Alfama ao Rossio, reportando, quase em exclusivo, tudo aquilo que via. Sempre que leio esse pequeno texto a vontade de la estar, so mais um minuto, e uma coisa indescritivel. Vou desclocar esse texto do meu antigo blog e coloca-lo aqui.

Vao a Alfama sempre que possam, facam-o por voces!


De Alfama ao Rossio

     A Serra da Arrábida ao fundo, em tons de um azul acinzentado, esbatida pela distância. Uma nuvem enorme, em forma de filão, que lentamente se desloca, fazendo lembrar um gigantesco batalhão de soldados.
     Os barcos no rio; quatro parados (os maiores), um dos quais recolhe cargas de outro; 5 em movimento sendo que um é 1 cataram que vem do Montijo para o Terreiro do Paço e outro 1 cacilheiro para os lados de Almada.
     No ar os sinos da igreja entoam musicas de Natal e marcam as 17 horas.
     Miradouros de Lisboa com um e outro grupo de turistas aqui e ali. Observam e encantam-se, de olhar perdido em tamanha beleza.
     Os buracos da calçada cheios de água, garrafas abandonadas nos muros depois de uma noite de folia, papeis. Os gatos nos telhados, as casas em ruína, jardins abandonados, as roupas nos estendais, o homem que cospe no chão, os cães que cagam as ruas, os miúdos que cravam uma mortalha, os gritos da mulher que chama pelo João,...
     A noite chega e as ruas ganham a sua cor característica, amarelo-alaranjado.
     Mais um grupo de turistas, aqui e ali, que com as suas máquinas fotográficas procuram o melhor ângulo para eternizar os telhados de Lisboa. Por entre as ruas, lá em baixo, ecoam as vozes das pessoas que em casa fazem as suas vidas... o cão ladra.
     O João ainda não apareceu, a mulher continua a chama-lo, há também os gritos da criança que chora. Ouvem-se os barulhos do motor dos barcos e também do avião que acabou de decolar da Base Aérea do Montijo.
     Olhando em volta vê-se tudo a cor de laranja sendo que as únicas luzes brancas saem do interior das casas, e mesmo assim só de algumas.
     Ouve-se os passos das pessoas que descem as 1001 escadinhas de Alfama.
     Uma mulher de traços orientais, linda de morrer, debruça-se sobre um muro que lhe serve de tripé para mais uma fotografia.
     Um grupo de sul-americanos joga à bola lá em baixo, no ringue, o que faz os soldados da GNR, que estavam em tempo de lazer e também queriam jogar, voltar para trás por o ringue já estar ocupado.
     O semáforo está vermelho, ouve-se uma musica jazz do interior de um café, a “Farmácia Costa” está à luz das velas, passa o 28 para os Prazeres e os velhos olham para mim por estar no meio do passeio, parado, a escrever, feito um maluquinho.
     O gato que vomita a rua mesmo à minha frente e o taxista que quase o atropela.
     Os grupos de final de tarde que se juntam nos cafés para beber a sua “mini”, os fados que ecoam do interior dos restaurantes, as oliveiras plantadas no meio das íngremes escadas, a mulher que vem deitar a água suja pela janela, as pessoas que se despedem – “até amanhã!” -, o homem que sobe as escadas carregando o monitor de um computador, a mãe que comenta os cortinados da vizinha, com a filha.
     Os andaimes de Alfama, agora tão típicos, que seguram as fachadas das casas em ruína. Ouve-se o bater dos talheres nos pratos, a pessoa que puxa o autoclismo, o barulho das roldanas dos estendais, o Telejornal da RTP.
     Um homem desce as escadas com um saco de plástico transparente e quatro carcaças no seu interior. Os sacos do lixo amontoam-se nas ruas esperando a recolha... há um cheiro nauseabundo.
     O Palmier Coberto, seco, só pode ser de anteontem. As tascas cobertas de azulejos brancos e despidas de qualquer ornamentação, a não ser os barris de vinho encostados à parede, atrás do balcão.
     As ruas com taipais que previnem a queda de ruínas na cabeça de alguém, a palmeira solitária no Largo de São Miguel apinhada de pássaros que piam, e piam, e piam,...
     O cartaz na porta da taberna que anuncia o «Fado Vadio» para logo à noite, os painéis do Santana que por todo o lado prometem que “Alfama vai estar aos seus pés”, a água da boca de incêndio que cai na calçada, sem parar. Os raios-lazer que anunciam que hoje é quinta-feira, noite de Lux.
     O homem que faz do banco de jardim a sua casa, o bebedouro público que mata a sede aos pombos, a Rua da Madalena fechada ao trânsito, a miúda que deixa cair uma moeda enquanto corre, o mendigo que olha a montra da pastelaria, cheio de fome. As ruas ornamentadas de belos arranjos luminosos, as pessoas que correm de loja em loja fazendo as suas compras natalícias, o bêbado que balouça no passeio, falando sozinho. A sirene da ambulância que afasta os carros, o grupo de músicos que junta as pessoas, numa roda, em sua volta.
     O homem que vende as castanhas na rua, a tuna que faz uma exibição, os artistas de rua que se acumulam pelos cantos vendendo as suas obras, os passadores que assediam as pessoas perguntando se querem “chamon”... a música melancólica do Pedro Abrunhosa que embala as pessoas.

     E muito mais há para dizer... As floristas na Praça do Rossio, o velhote que vende os guarda-chuva apesar de não estar a chover, a senhora que corre atrás do autocarro apesar do motorista não parar... Mas por agora chega, vou para casa que se faz tarde!


Posted at Monday, November 01, 2004 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Saturday, October 30, 2004
De improviso tambem os bato!

Eu jurei que nao ia falar de futebol no meu blog, jurei a mim mesmo. E um tema que tem tanto que se lhe diga que poderiamos ficar aqui manhas, tardes, seroes inteiros a discutir amores (porque e isso que se discute) que nao iriamos chegar a lado nenhum. "Cada um puxa a brasa a sua sardinha" e piropos para aqui, piropos para ali. [sardinha faz-me lembrar que este ano nao estive no St. Antonio... que pena!]Mas o Sr Joao Ratao apareceu aqui com um comentario a um jogo muito quente, como sempre.
E claro que um Benfica - Porto nao e um jogo normal, todos o sabem. E falar de um Benfica - Porto, para mim, e falar do mesmo. E falar das noticias que comecam uma semana antes. Do Benfica que nao da bilhetes para as claques portistas. E falar do jogador A e B que por este motivo, e pelo outro, nao podem jogar, ou podem, e vao ser uma presenca, ou ausencia, inestimavel. E falar do Presidente A ou B, que nao gostam do arbitro X ou Y, porque vai roubar para a equipa B ou P. E os directos, no dia do jogo, que todas as televisoes, em Portugal, fazem, porque nenhuma quer perder audiencias. E falar do jogo em si, das faltas cometidas, que foram faltas ou nao. Do cabrao do arbitro que roubou para os tripeiros ou para os lampioes. E falar, durante semanas, dos erros do arbitro, e de como a equipa B ou P vao processar a Liga, o presidente da Liga, a sua mae (porque permitiu que ele nascesse) e ate o cao do presidente da Liga. Afinal o Record e a Bola precisam de vender e nao ha melhor receita de vendas do que um Benfica - Porto.
Mas o Sr Joao Ratao vem-me com uma, invariavel, forma de me dizer: "Eu sou benfiquista.". Uma forma que nas ultimas decadas os benfiquistas conhecem tao bem.
Uma dor de corno que, a quilometros de distancia, ouve-se o touro sofrer. Ai, ai, ai... se eu fosse toureiro, cortava-lhes as astes.
E bonito ver a Liga inglesa... Nao so por um Mourinho, um Ricardo Carvalho, um Cristiano Ronaldo. E bonito ver porque aqui ninguem discute as decisoes do arbitro, por muito penosas que elas sejam. E quem discute, la vem a sancao... la vem a pena disciplinar, la vem a suspencao.
Mas num Portugal pequeninito, num Portugal do mata este, mata aquele... O Record e a Bola precisam de vender e nao ha nada melhor, para os vender, do que instigar um qualquer Joao Ratao, com a sua grande dor de corno... Ai Sr Joao Ratao... Ai Sr Joao Ratao...

Cuidado Sr Joao Ratao, cuidado, nao caia no caldeirao!

Posted at Saturday, October 30, 2004 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Saturday, October 16, 2004
Dhuu!

Pa! Escrever um blog e sempre a mesma porcaria, ne? Pelo menos para mim. E muito bonito no inicio mas depois... O tempo e escasso, as ideias vao faltando, o pessoal tambem nao ajuda muito,... Mas la se vai fazendo qualquer coisa, nem que seja escrever uma introducao, como esta, que nao diz nada de jeito, mas que sempre vai ocupando espaco e, logo, mantendo as pessoas ocupadas, a lerem o meu blogui. Mas a boa maneira portuguesa, para quem tem uma RTP, uma SIC ou uma TVI, isto deve ser o vosso dia a dia. Como por exemplo o caso da bebe que desapareceu e as televisoes mudaram-se todas para a aldeia que, por um dia ou dois, foi o centro de Portugal. Na essencia nao se dizia nada, porque as autoridades tem mais que fazer que tar a falar para uma qualquer camera de tv, a bebe nao mais aparecia, nada de novo havia a acrescentar ao caso. Mas e claro, sempre havia um qualquer Toni, um qualquer Zeze, uma qualquer Maria, ou uma qualquer Miquelina para mandar o seu bitaque, e como quem nao quer a coisa meio Portugal andou a navegar durante uns bons dias em informacao vazia, tal qual anda a navegar faz anos. Eu nao vi o caso de perto, nao estou em Portugal, felizmente, para ver uma RTP, uma SIC, ou uma TVI, mas imagino como tera sido. Mais um apito dourado. Mais um Carlos Cruz a ser seguido, durante horas, do percurso da prisao para sua casa. Mais um portugues que matou os amigos no Brasil. Mais um pouco de mais tudo o que mais se passou num Portugal de muitos menos... muitos menos.

Posted at Saturday, October 16, 2004 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Wednesday, September 29, 2004
Konishiwa

Hoje entrei no AsiaMarket com a minha nova amiga da Republica Checa ("only"), para que ela o ficasse a conhecer. Antes disto ela tinha medo de la entrar porque aquilo, do exterior, parece uma grande mafia Yakusa e ela estava com medo que a raptassem e fizessem um qualquer remedio com os seus ossos.
Uma vez la dentro ela achou fantastico. Como se estivesse a viver uma das aventuras de Alice, no "Pais das Maravilhas". Para mim, que todos sabem, gosto de coisas asiaticas, aquilo ja se tinha revelado fabuloso. Mas e sempre diferente, cada dia que la se entra e se descobre novos produtos. E interessante ver a cara de pasmo de alguem que la entra pela primeira vez.
Um espaco com o tamanho medio de um supermercado, corredores estreitissimos onde as pessoas teem que se apertar para passar, cada vez que se cruzam, porque mal cabem duas pessoas, lado a lado. Estantes enormes que tocam o tecto, cheias de productos de todos os lados, e mais algum. Arroz do Japao, xaropes da China, especiarias da India, massas da Coreia do Sul, productos do Vietnam, Tailandia, Russia, Indonesia,... so mesmo os azeites de Espanha e da Grecia parecem estar deslocados no mapa.
E preciso ver para perceber, mas aquilo e uma verdadeira "China Town", em miniatura.

Posted at Wednesday, September 29, 2004 by Tiago_Menezes
FAZ UM COMENTARIO  

Next Page